Veja como o painel de captação de energia solar no inverno funciona em temperaturas baixas

A energia solar pode pregar algumas peças em quem não conhece bem o funcionamento dos equipamentos fotovoltaicos.

O senso comum é de que os painéis só funcionam em um clima quente e com sol o dia todo; mas, na verdade, o inverno também é uma época de perfeito funcionamento e captação da energia solar.

E como isso acontece?

Ao contrário do que muitos pensam, os painéis solares usam luz, e não calor, para produzir energia. Quando a temperatura dos painéis solares está menor, eles são capazes de produzir mais energia renovável – quando chegam a 25°C, por exemplo, o seu rendimento começa a cair. Isso porque a temperatura dos painéis solares é em média 20°C mais alta do que a temperatura real do ambiente.

O clima frio chega a ser algo positivo para a captação de energia solar. Os sistemas de energia solar geram uma quantidade significativa de energia durante o inverno ou dias com pouca incidência solar. “O sol forte do Nordeste gera muita energia, mas as altas temperaturas da região podem ser prejudiciais para o sistema.

Por outro lado, o sol ameno combinado com o friozinho do sul do país é a condição perfeita para a captação de energia, permitindo que os painéis fotovoltaicos tenham um desempenho mais eficiente”, diz Samuel Bim, engenheiro elétrico da SelEnergy.

Superamos até a Alemanha!

De acordo com uma pesquisa realizada por Gerson Tiepolo, professor da Universidade Tecnólogica Federal do Paraná (UTFPR) e especialista em energia solar, o estado paranaense tem um potencial médio de energia solar 58,7% superior à da Alemanha. Até a gelada Curitiba, considerada uma das cidades mais frias do país, tem um potencial 48% superior ao país europeu.

Convencido? Entre em contato e tire suas dúvidas com a SelEnergy. Solicite um orçamento pelo número (41) 3383-0403 e aproveite o inverno e instale um sistema de energia solar. Você só tem a ganhar!